Recrutamento e Seleção na área de Educação

Contratação de professores: como acertar na escolha dos profissionais?

3

Um diretor que é responsável pelas contratações dos profissionais de uma escola sabe o quão difícil é montar uma equipe qualificada atualmente. Quando se fala na contratação de professores, o problema se torna ainda maior, já que, além de poucos jovens desejarem seguir a área de ensino, os que estão no mercado, muitas vezes, não se dedicam à profissão devido ao baixo salário e à falta de valor que esse profissional tem na sociedade.

De fato, é muito importante ter uma preocupação com a estrutura do local, com a carga horária, com o material didático, dentre outros aspectos. Porém, não adianta pensar em tudo isso se o professor não for qualificado e se não desejar caminhar junto à escola.

Portanto, a avaliação de um professor precisa ser minuciosa para garantir que a escola seja atrativa e de qualidade. E, para ajudar você a escolher o melhor candidato, separamos algumas características e requisitos necessários na hora da avaliação. Confira e boa leitura!

Experiência

Muito tempo de experiência nem sempre significa um ponto positivo na contratação de um docente. Se a pessoa permaneceu vários anos em uma única instituição de ensino utilizando apenas uma metodologia específica, pode ser que ela não esteja pronta para se adaptar às necessidades da nova escola. Um professor menos experiente, nesse caso, pode se adequar mais facilmente às alterações.

Se o professor mudou muito de escola, é importante procurar saber o motivo dessas mudanças. Pode ter sido por dificuldade de adaptação, pode ser que ele tenha trabalhado como substituto ou até mesmo que tenha mudado de cidade. Por isso, o ideal é ter uma conversa com o candidato a fim de saber todos os detalhes sobre o seu currículo.

Conhecimento em novas tecnologias

Nos dias de hoje, principalmente com essa nova geração de alunos, não se pode negar a importância da presença das novas tecnologias na sala de aula. Nesse sentido, um profissional qualificado e atualizado vai integrar o seu trabalho com elas.

A tecnologia está presente no cotidiano dos alunos e o ensino deve ser feito por meio dela. Hoje, se as aulas não fazem sentido para o aluno, elas se tornam perda de tempo.

Por isso, os profissionais que não se adéquam a essa nova realidade, resistindo ao uso da tecnologia na educação, acabam colocando uma barreira entre eles e seus discentes. Analisar o conhecimento dos candidatos é colaborar para uma escola inovadora e atualizada.

Domínio de classe

Esse é um ponto de partida para que o professor possa trabalhar com os alunos. É importante que o docente promova a disciplina em sala de aula, mas sempre de forma justa e democrática.

O candidato não precisa ter um espírito de liderança para conduzir bem a sua aula, mas ter vontade de aprender e conseguir manter a atenção de seus alunos.

O professor que tem um histórico de facilidade nesse aspecto pode até ser um diferencial, no entanto, deve-se lembrar de que os profissionais recém-formados podem ter dificuldade nesse domínio, mas estão abertos a aprender e se aprimorar.

Atualização constante

O profissional da área da educação é constantemente pressionado pelo mercado de trabalho a se atualizar. Antigamente não havia tantas possibilidades de continuar estudando como tem hoje, por isso, as pessoas conquistavam o diploma de graduação e não estudavam mais.

Mas essa realidade mudou e o profissional da docência precisa estar qualificado para ensinar o que há de mais atual aos seus discentes. Desse modo, é fundamental verificar os cursos realizados pelos candidatos, as participações em congressos e seminários e se continuam estudando.

Todas essas características são muito relevantes no momento da contratação de professores, mas um ponto essencial é a divulgação de vagas em locais adequados. Hoje, com a facilidade que a internet proporciona, é possível colocar a vaga em sites exclusivos que filtram os currículos. Assim, a informação vai ser enviada apenas para os candidatos que atendem aos pré-requisitos. Com a ajuda da tecnologia, será possível encontrar o profissional mais preparado para a sua escola!

Você gostou do post? Aproveite e assine a nossa newsletter. Desse modo, você vai receber as nossas atualizações diretamente na sua caixa de entrada de e-mail!

3 Comentários
  1. Milena Araújo Marães Diz

    Gostei muito.

    1. Escola Contrata Diz

      Obrigada pelo comentário.

  2. Cledson Diz

    Pressão; palavra chave que acompanha nós professores, portanto, qual será aquele profissional atuando em sua área específica consegue exercer a função com baixos rendimentos, creio que os senhores já sabem a resposta. MEU OBRIGADO PELA OPORTUNIDADE..

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.