Recrutamento e Seleção na área de Educação

5 dicas para desenvolver o hábito da leitura em seus alunos

0

Como desenvolver o hábito da leitura nos alunos em um mundo cada vez mais movido à tecnologia? Simples atitudes no dia a dia de crianças e adolescentes podem despertar neles o desejo de ler sobre diversos temas. Boa comunicação, excelente desempenho nas matérias e aumento de vocabulário são alguns benefícios que a leitura proporciona, além de tornar o aluno um ser crítico.

Pais e professores reconhecem a importância da leitura no aprendizado e na formação dos estudantes. Porém, muitos não se preocupam em serem exemplos. É de extrema importância o papel dos responsáveis e do professor no incentivo à leitura. Para isso, os adultos precisam gostar e ter um compromisso com a leitura. Assim, não darão apenas indicações, mas serão orientadores.

Conheça 5 dicas para ajudar o seu aluno a desenvolver o hábito da leitura e tornar essa prática o jeito mais divertido para aproveitar o tempo livre. Vamos a elas?

1. Permita que o aluno escolha o tema

A leitura de romances, poesias, histórias e demais narrativas deve ser considerada um momento de lazer, alegria e tranquilidade. Muitas vezes, um livro distrai, desperta a criatividade e melhora a memória de quem está lendo. No entanto, se a história não for interessante, a leitura vai ser vista como uma obrigação.

É muito importante que o aluno tenha o poder de escolha. Portanto, levá-lo até a biblioteca e deixá-lo escolher o tema ou o autor que gostaria de ler é a melhor alternativa. Fazendo isso, o educador estará permitindo que a criança ou o adolescente encontre a sua identidade literária.

2. Estabeleça metas diárias de leitura

Obviamente que ninguém consegue adquirir um hábito de leitura da noite para o dia. Por isso, é essencial que o professor deixe o aluno começar devagar para, depois, acelerar. Indicar um material mais leve e de fácil entendimento é ideal para esse início.

O ideal é que o aluno comece por contos, fábulas e até revistas. Só após um tempo é que os livros pequenos poderão fazer parte da lista. Isso porque, se o estudante iniciar por um livro extenso e de difícil interpretação, existirá o risco de ele desistir de chegar até o final ou até mesmo de perder o interesse pela leitura.

3. Desperte a curiosidade dos alunos

Crianças e jovens são muito curiosos. Portanto, apresentar temas diferentes e atraentes vai despertar o interesse e a curiosidade deles. É crucial levar para as aulas o maior número de formatos, gêneros e autores diferentes.

Conhecer o gosto dos alunos também é muito importante. Desse modo, o educador poderá indicar livros, histórias, fábulas ou poesias que abordem temas de interesse deles. Ler o início de uma história com os estudantes é um método muito eficaz para que fiquem curiosos e tomem a atitude de terminá-la.

4. Seja um exemplo de leitor

É muito importante, para a formação de um leitor crítico, que os adultos responsáveis por sua educação sejam também leitores. Afinal, os alunos reconhecem pais e professores como espelhos. Logo, se essas pessoas não se comprometerem como o hábito de leitura, os alunos não terão em quem se espelhar, certo?

Para que o professor saiba analisar e trabalhar a leitura em sala de aula, será preciso que ele goste de ler e demonstre o conhecimento sobre obras variadas.

5. Desconecte seus alunos das redes sociais

Conscientizar os alunos de que a hora da leitura é o momento de esquecer as redes sociais é necessário. Muitos leem 2 páginas e param para dar aquela espiadela no Facebook ou no WhatsApp, por exemplo.

Existem muitos conteúdos disponíveis na internet que são produtivos para a leitura, como livros em pdf, contos, fábulas, enfim, uma quantidade imensa de textos. Mas não se pode esquecer de mostrar aos alunos o enorme peso cultural dos livros. Portanto, mesmo que um estudante esteja lendo nas plataformas digitais, não permita que as redes sociais sejam acessadas ao mesmo tempo.

Por fim, lembre-se de que estimular que os alunos sejam leitores, além de enriquecer muitas habilidades e competências, prepara os jovens para o mercado de trabalho.

E aí, gostou das dicas para desenvolver o hábito da leitura em seus alunos? Então, compartilhe este texto nas suas redes sociais e espalhe a informação!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.